Macaé Basquete inicia atividades no CEMEAES

Após chegar nas quartas de final da última temporada do NBB, clube troca parte do
elenco e espera, ao menos, voltar aos playoffs na edição 2015/16 do campeonato

Equipe do Macaé para a disputa da temporada do NBB 8 (Foto: Raphael Bózeo/ Macaé Basquete)

No próximo dia 3 de novembro, diante do Franca, o Macaé inicia mais um capítulo da sua recente história no Novo Basquete Brasil. Depois de debutar no campeonato nacional na temporada passada, quando chegou aos playoffs, eliminou o tradicional Minas e só foi parado pelo Mogi das Cruzes no quinto jogo da série das quartas de final, o clube do Norte Fluminense chega para a edição 2015/16 do NBB com o grupo reformulado - apenas seis atletas permaneceram. Nomes de destaque como o de Diego, Ian Young e, principalmente, Jamaal Smith deixaram o clube. Agora, para poder voltar a surpreender, o time dirigido pelo técnico Léo Costa tem como apostas o rejuvenescimento do elenco, em contrapartida, a experiência de Márcio Dornelles.

Para voltar ao comum sonho de disputar os playoffs, o Macaé contará novamente com a ajuda de um veterano jogador que conhece como poucos os atalhos do NBB: Márcio Dornelles. Desde 2013 no clube, o ala disputou todas as sete edições anteriores do campeonato nacional. Aos 39 anos e com passagens pela seleção brasileira e times como Corinthians, Franca e Pinheiros, ele é o atleta mais velho do elenco dirigido pelo técnico Léo Costa. E, por isso, será o encarregado de comandar a jovem equipe na quadra. 

No próximo dia 3 de novembro, diante do Franca, o Macaé inicia mais um capítulo da sua recente história no Novo Basquete Brasil. Depois de debutar no campeonato nacional na temporada passada, quando chegou aos playoffs, eliminou o tradicional Minas e só foi parado pelo Mogi das Cruzes no quinto jogo da série das quartas de final, o clube do Norte Fluminense chega para a edição 2015/16 do NBB com o grupo reformulado - apenas seis atletas permaneceram. Nomes de destaque como o de Diego, Ian Young e, principalmente, Jamaal Smith deixaram o clube. Agora, para poder voltar a surpreender, o time dirigido pelo técnico Léo Costa tem como apostas o rejuvenescimento do elenco, em contrapartida, a experiência de Márcio Dornelles.

Para voltar ao comum sonho de disputar os playoffs, o Macaé contará novamente com a ajuda de um veterano jogador que conhece como poucos os atalhos do NBB: Márcio Dornelles. Desde 2013 no clube, o ala disputou todas as sete edições anteriores do campeonato nacional. Aos 39 anos e com passagens pela seleção brasileira e times como Corinthians, Franca e Pinheiros, ele é o atleta mais velho do elenco dirigido pelo técnico Léo Costa. E, por isso, será o encarregado de comandar a jovem equipe na quadra.