Macaé Basquete aposta na prata da casa para ter sucesso na Liga Ouro

Além dos jogadores que vem sendo contratados pelo Macaé Basquete para a próxima edição da Liga Ouro, o clube também aposta em atletas formados na base para ter sucesso na caminhada de volta ao Novo Basquete Brasil (NBB). Dois deles já foram anunciados e estarão no elenco para esta competição: o ala-pivô Pablo e o ala-armador Matheuzinho.

Antes de chegar ao profissional e realizar o sonho de disputar o maior campeonato da categoria no país, o Novo Basquete Brasil (NBB), os dois jogadores, que são macaenses, tiveram passagens vitoriosas pelas categorias de base. Identificação que faz com que se sintam ainda mais motivados para levar o Macaé de volta à elite:

Pablo começou no esporte aos 10 anos, quando foi convidado a integrar o time mirim do Macaé. Desde então, passou por todas as categorias de base e, depois do juvenil, fez parte do elenco que jogou a Copa Brasil (antigo formato da Liga Ouro) em 2013 e conseguiu a classificação para o NBB:

- Não tenho palavras para descrever o sentimento de defender a camisa do Macaé Basquete e de levar o nome da cidade ao mais alto nível. E este é mais um ano em que vamos lutar para voltar ao NBB e levar o Macaé de volta ao cenário nacional – fala Pablo.

Já Matheuzinho iniciou no Basquete na Praça, base das ações sociais/esportivas promovidas pelo Macaé Basquete e que incluem ainda o Basquete Sobre Rodas e as categorias de formação, culminando com o time profissional. O trabalho, inclusive, recebeu o troféu do NBB de Melhor Ação Social Continuada, no final do ano passado.

Além da disputa de títulos na base, o ala-armador também teve a chance de disputar a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) e o NBB pelo Macaé. Mas, para ele, as vitórias vieram muito além das quadras: “Graças ao esporte, hoje eu faço faculdade (cursa Educação Física, por meio de uma parceria entre o Macaé Basquete e a Universidade Estácio de Sá) e tenho uma vida estabilizada”, conta.

Assim como Pablo, Matheuzinho também tem a melhor expectativa possível para esta temporada: “Na verdade, o Macaé nunca deveria ter saído do NBB e isso só aconteceu por falta de patrocínio. Então é treinar forte, porque o Macaé está montando uma equipe bastante competitiva para voltar ao NBB”, completa.

 

26219880 1948068541888440 2774114295993029459 n

 

Confiança do treinador
 

O técnico Leonardo Costa acredita que o talento dos dois será importante para o time e que a experiência de mais um campeonato disputado, como a Liga Ouro, será um diferencial para a carreira dos dois: 

- Foram garotos que passaram pelo processo de formação pelo clube e são identificados com a torcida por serem de Macaé. Apesar da busca por parcerias para montar um time competitivo, é sempre bom contar com talentos locais, formados pela instituição. É uma chance para ambos de amadurecimento na carreira – analisa o técnico Leonardo Costa.

O Macaé Basquete é patrocinado pela Unimed Costa do Sol, SAME, Cavaleiros Comunicação, Falck Safety, ACIM, Ramada Steak House, Aktion Sports, Botica D’Rossi, Cavaleiros Comunicação, Shop & Cia, American Insight, Adail Costa, Iris Mídia, Planet Cinemas, Garagem Centro de Artes, Vivendas da Lagoa e Maple Bear. Além disso, conta com o apoio da Universidade Estácio de Sá, Tênis Clube e das empresas parceiras do programa Somos Macaé Basquete.

A Liga Ouro terá início no final de fevereiro e o clube será o único representante do estado do Rio nesta edição.

 

MATHEUS 

Ficha Técnica:
 
Nome: Matheus da Silva Nascimento (Matheuzinho)

Nascimento: 03/05/1996 (21 anos)

Naturalidade: Macaé (RJ)

Altura/Peso: 1,94 m / 80 Kg

Posição: Ala-armador

Clubes: Macaé Basquete (RJ)

 

4444

Ficha Técnica:
 
Nome: Pablo Tavares Sueiro Vilela (Pablo)

Nascimento: 22/01/1992 (25 anos)

Naturalidade: Macaé (RJ)

Altura/Peso: 1,98 m / 83 Kg

Posição: Ala-pivô

Clubes: Macaé Basquete (RJ), ACF Campos (RJ) e Clube Basquete Xaxim (SC)